Há um ano…

Há um ano estava aqui. Precisamente aqui. Nesta mesa, neste terraço de céu estrelado e cheiro de mar.

Já tinha escrito o primeiro texto, já o tinha guardado outra vez na pasta na tentativa de o esquecer, já me tinha dito que sim, para depois voltar a achar que não. Vezes e vezes sem conta.

Há um ano estava aqui. Cheia de hesitações, de medos, de certezas de não estar à altura da vontade gigante que tinha: escrever, escrever, escrever. E, sobretudo, tornar de todos as palavras que sinto, sobre este desafio gigante de ajudar a crescer. É tramada a vulnerabilidade de nos darmos a conhecer. Assim como é poderosa a segurança de ficar num cantinho onde ninguém dê por nós.

No preciso momento em que decidi carregar no botão “Publicar”, um louva a deus pousou no teclado e eu, que tenho destas coisas de gostar de acreditar que o universo sabe o que faz e o que diz, respirei fundo e pensei: Venha o que vier. Sou eu.

E veio tanto.

Veio a força das pessoas bonitas que gostam de mim, veio a empatia de quem ainda não conhecia, veio o privilégio enorme de saber que há quem leia e se identifique com aquilo que escrevo, veio o mimo das partilhas de outros sentires, que me deram a honra de poder aprender.

E vieram as palavras a dançar dentro da cabeça desde que me levanto até que adormeço, a atenção maior a tudo o que me rodeia e a tudo o que me vai cá dentro, a capacidade de me entregar sem filtro e a certeza boa de saber, que o tempo só não leva aquilo que corajosamente deixamos que fique.

Passado um ano estou aqui. E continuo a acreditar que sempre que pensamos com o coração e ousamos caminhar na lua, coisas boas acontecem.

Passado um ano estou aqui, tenho o cheiro a maresia, a vontade de sempre, e escrevo. Para ser feliz.

Tão grata por caminharem comigo…

Deixe um comentário

6 Comentários em "Há um ano…"

avatar
Amanda Guapo
Visitante

Parabéns! Continua.
Beijinhos.

Tiago
Visitante

Que continues sempre a escrever Rita! Eu sou um de certamente muitos leitores silenciosos que apreciam a tua escrita. Bendito Louva a Deus 😉

Célia
Visitante

Continue! Adoro ler o que escreve, e como escreve 🙂

wpDiscuz